Renovação da Vale pode favorecer Transnordestina (foto)

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email
Renovação de ferrovias da Vale pode favorecer dois importantes projetos no setor. De acordo com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, os dois projetos beneficiados seriam o da Nova Transnordestina e o da Ferrovia de Integração Leste-Oeste (Fiol). A declaração foi dada ao jornal Valor Econômico durante live promovida pelo referido órgão de imprensa. Segundo o ministro, as duas ferrovias da Vale são a Estrada de Ferro Carajás (CFC) e a Estrada de Ferro Vitória-Minas (EFVM). Ainda conforme Freitas, ambas as prorrogações já foram submetidas a audiência pública e se encontram em análise no Tribunal de Contas da União (TCU). Ele considera que o tribunal vai liberar o processo ainda no segundo semestre de 2020. O governo está exigindo da Vale, como contrapartida à renovação por 30 anos, a construção de duas novas ferrovias pela empresa. Assim, seriam construídos um trecho da Ferrovia de Integração do Centro-Oeste, de Água Boa (MT) a Mara Rosa (GO), e uma nova linha entre Cariacica e Anchieta (ES).

Sobra

No entanto, segundo o ministro, ainda vai sobrar um valor de outorga devido pela Vale como contrapartida à renovação. Dessa forma, os recursos seriam utilizados na compra de trilhos para a Transnordestina e no trecho 2 da Fiol. “Ainda vai sobrar uma outorga livre. Temos que fechar o valor com o TCU, mas dará um impulso nessas duas obras”, afirmou Tarcísio na live. “Se comprarmos os trilhos e colocarmos rapidamente nos canteiros, damos um boom [nos dois projetos]”, completou. De acordo com o Valor Econômico, o trecho 2 da Fiol, por exemplo, já tem parte da infraestrutura pronta – incluindo a maior ponte ferroviária da América Latina, sobre o rio São Francisco, na Bahia. O trecho está no Pró-Brasil, em elaboração pelo governo federal, e será tocado com recursos da estatal Valec. Enfim, segundo o texto, usando a outorga da Vale nos trilhos, o ministro pretende ganhar em agilidade na compra do material e na execução. “Isso pode acontecer também com a Transnordestina”. Matéria completa pode ser acessada no link abaixo: https://valor.globo.com/live/noticia/2020/06/23/renovacao-de-ferrovias-da-vale-ajudara-a-concluir-fiol-e-transnordestina-diz-tarcisio.ghtml