Ação pelos transportes

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Ação pelos transportes, empreendida pela Frente Parlamentar Mista de Apoio a Logística e Infraestrutura (Frenlogi) foi destacada pelo jornal Estado de São Paulo, nesta quarta-feira, 22, na prestigiada Coluna do Broadcast.

Assinada pela jornalista Amanda Pupo, a matéria realça chance de a União repassar R$ 3 bilhões para os municípios. Dessa forma, segundo a matéria, os municípios deverão arcar com os subsídios já previstos ao setor.

De acordo com o senador Wellington Fagundes (PL-MT), presidente da Frenlogi, “as prefeituras já pagam um subsídio para esse transporte”. Assim, o parlamentar concluiu que seria um subsídio para as prefeituras terem as condições de ajudar’.

A informação de Fagundes, repercutida pelo Estadão, diz respeito a reunião mantida pela Frenlogi com o ministro Rogério Marinho, titular do Ministério do Desenvolvimento Regional, com a finalidade de debater o assunto.

Caótica

Para o presidente da Frenlogi, conforme pontua a matéria do Estadão, “a situação é caótica”. Segundo Fagundes, o pedido das empresas era por um socorro de R$ 4,5 bilhões. Por ora, o governo está sinalizando com R$ 3 bilhões, disse. 

Ainda de acordo com o senador, conforme a matéria do jornal paulista, se for adiante, é possível que a iniciativa seja inserida em alguma medida provisória já em andamento no Congresso Nacional.

Reunião

Com efeito, e em nome das dificuldades que vêm sendo enfrentadas pelo setor de transporte de passageiros, no país, por conta da pandemia, é que houve a audiência entre representantes do setor e o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, nesta quinta-feira, 16.

Presente ao encontro, a Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos (NTU) está reivindicando do governo federal a aquisição de créditos eletrônicos de transporte (passagens) pelo Governo Federal.

Os créditos poderiam ser reservados aos programas sociais do Governo. Assim, para utilização futura dos seus beneficiários no transporte público urbano e de caráter urbano por ônibus. Dessa forma, englobando os sistemas municipais, metropolitanos e de aglomerados urbanos.

Para acessar à matéria do Estadão, CLIQUE AQUI

Para acessar a matéria da audiência no Ministério do Desenvolvimento, CLIQUE AQUI.

Fechar Menu